Infecção do trato urinário

 

O trato urinário inclui os rins (que filtram o sangue para produzir urina), os ureteres (tubos que transportam a urina dos rins para a bexiga), a bexiga (que armazena a urina) e a uretra (tubo que transporta a urina da bexiga para fora).

endometriose

As infecções do trato urinário acontecem quando as bactérias entram na uretra e chegam até a bexiga. Se a infecção permanece apenas na bexiga, é chamada de “cistite”. Se a infecção se desloca acima da bexiga até os rins, é chamada de infecção renal ou “pielonefrite”.

Infecções urinárias são uma das infecções mais comuns.

Causam sintomas de queimação ao urinar e necessidade de urinar com freqüência.

Infecções renais são menos comuns do que cistites; causam sintomas semelhantes, mas também podem causar febre, dor nas costas, náuseas e vômitos.

As infecções da bexiga e do rim são mais comuns em mulheres do que em homens.

A maioria das mulheres vai ter ao longo da vida uma infecção urinária sem complicações que é facilmente tratada com um curso curto de antibióticos.

Nos homens, as infecções urinárias também podem afetar a próstata, podendo ser necessário um tratamento mais prolongado. Infecções renais também podem ser tratadas em casa com antibióticos, mas o tratamento geralmente dura mais tempo. Em alguns casos, infecções renais devem ser tratadas no hospital.

 

Quais as causas das infecções do trato urinário?

As bactérias normalmente não vivem no trato urinário, mas vivem perto da uretra

Infecções do trato urinário ocorrem quando estas bactérias entram na uretra e se proliferam.

Os fatores que aumentam o risco de desenvolver uma infecção do trato urinário incluem:

  • Ter relações sexuais frequentes ou ter um novo parceiro sexual
  • Ter diabetes
  • Já ter tido uma infecção da bexiga ou do rim nos últimos 12 meses
  • Usar um espermicida para controle de natalidade

 

Homens e mulheres que tem pedras nos rins ou refluxo urinário tem maior risco de ter infecção renal.

Há uma evidência crescente de que há uma pré disposição genética para infecções do trato urinário.

 

Quais os sintomas de infecção urinária?

web-mulher-com-infecção-urinaria

 

Os sintomas típicos de uma infecção da bexiga incluem:

  • Dor ou ardor ao urinar
  • Necessidade frequente de urinar
  • Necessidade urgente de urinar
  • Sangue na urina
  • Desconforto no abdômen inferior

 

É uma infecção urinária ou algo mais?

Ardor na micção também pode ocorrer em mulheres com infecções vaginais (como uma infecção por fungos) ou em pessoas com uretrite (inflamação da uretra). Por esta razão, é importante consultar com seu médico antes de assumir que você tem uma infecção urinária.

 

Quais os sintomas de infecção renal (pielonefrite)?

web-dor-lombar

 

Infecções renais podem, por vezes, causar os mesmos sintomas que uma infecção da bexiga (listadas acima), mas também podem causar:

  • Febre (temperatura superior a 37,8º C)
  • Dor no flanco ou na região lombar, onde os rins estão localizados
  • Náuseas ou vômitos

Se tiver um ou mais dos sintomas de uma infecção nos rins, deverá consultar um médico.

Embora a maioria das infecções renais não causem danos permanentes, atrasar o tratamento pode levar a sérias complicações.

 

Como fazer o diagnóstico de infecção do trato urinário?

03597ba42fef53ee349ccbef3205a746

As infecções do trato urinário são geralmente diagnosticadas com base nos sintomas da pessoa e nos resultados de um teste de urina que verifica a presença de leucócitos na urina.

As células brancas do sangue (leucócitos) são responsáveis pela luta contra a infecção, por isso a sua presença na urina geralmente indica infecção.

 

O que é a cultura de urina ou urocultura?

web-cultura

Uma cultura de urina é um teste que usa uma amostra de urina para tentar cultivar bactérias em um laboratório. Geralmente requer cerca de 48 horas para começar a obter resultados.

A melhor maneira de confirmar uma infecção é ter uma cultura de urina. No entanto, se os seus sintomas são típicos para a infecção da bexiga e você não tem irritação vaginal ou secreção, é muito provável que você tenha uma infecção do trato urinário. Nesses casos, seu médico geralmente irá tratá-lo sem solicitar uma cultura de urina. Por outro lado, uma cultura de urina deve ser realizada quando há suspeita de ter uma infecção renal.

Em pessoas suspeitas de ter uma simples infecção da bexiga, a cultura de urina ás vezes pode ser recomendada se:

  • Nunca teve uma infecção da bexiga antes
  • Têm sintomas que não são típicos da infecção da bexiga
  • Já tiveram infecções de bexiga “resistentes” antes (o que significa que as infecções não melhoraram com os antibióticos padrões)
  • Tem infecções frequentes da bexiga
  • Não sentir-se melhor dentro de 24 a 48 horas após o início dos antibióticos
  • Estão grávidas

 

Quais os tratamentos da infecção urinária?

web-Untitled-2

Em adolescentes jovens e saudáveis e em adultos com uma infecção da bexiga, o tratamento usual inclui uma dose única ou até um curso de cinco dias de antibióticos.

Alguns medicamentos típicos são: nitrofurantoína (Macrodantina), fosfomicina (Monuril), norfloxacino, ciprofloxacina  ou levofloxacina.

Nos homens, a infecção pode envolver a glândula da próstata e o tratamento é normalmente administrado mais prolongado.

Seus sintomas devem começar a resolver dentro de um dia após o início do tratamento. É importante fazer o ciclo completo de antibióticos para eliminar completamente a infecção.

Se os sintomas persistirem por mais de dois ou três dias após o início do tratamento, consulte o seu médico.

Se necessário, você pode tomar junto com o antibiótico por 01 a 02 dias um medicamento (fenazopiridina [Pyridium]) para reduzir a ardência causada pela infecção. Esse medicamento altera a cor da urina (geralmente para laranja ou vermelho), pode interferir com testes laboratoriais e pode manchar tecidos e lentes de contato. Você não deve tomar esses medicamentos por mais de 48 horas, pois não há benefício comprovado além de 48 horas e os efeitos colaterais podem aumentar. Estes medicamentos não tratam a infecção do trato urinário e não devem ser tomados isoladamente para não mascarar os sintomas de infecção.

É recomendado beber mais líquido durante o tratamento de infecções da urinárias para ajudar a limpar as bactérias da bexiga.

Também não há bons estudos sobre a eficácia do suco de cranberry para o tratamento de uma infecção da bexiga.

Por enquanto não há recomendação do uso de suco de cranberry para tratar infecções da bexiga.

Corte08

Quais os cuidados de acompanhamento?

Se foi solicitado uma urocultura lembre-se de checar após 48horas da coleta

Testes de acompanhamento não são necessários em homens saudáveis, jovens ou com infecção da bexiga, se os sintomas se resolverem. As mulheres grávidas são geralmente recomendadas a coletar uma nova cultura de urina uma a duas semanas após o terminar o tratamento para se certificar de que as bactérias não estão mais na urina.

 

Qual o tratamento da infecção renal (pielonefrite)?

O tratamento ideal para uma infecção renal depende da gravidade da infecção e da saúde geral da pessoa.

 

Tratamento em domicílio

Se a sua febre e dor são leves e você é capaz de comer e beber, provavelmente será receitado um ciclo de uma a duas semanas de antibióticos para tomar por via oral em casa. A primeira dose de antibióticos pode ser dada como uma injeção.

Informe o seu médico se não começar a sentir-se melhor dentro de um a dois dias após o início do tratamento.

Para febre e dor, você pode tomar um medicamento sem receita como paracetamol (Tylenol e outros)

 

Tratamento hospitalar

Se você tem febre alta, dor intensa ou não consegue manter uma boa alimentação e ingerir uma quantidade suficiente de líquidos, você precisará ser hospitalizado e administrado antibióticos e fluidos intravenosos (IV). À medida que você começar a melhorar, você será autorizado a ir para casa e continuar tomando os antibióticos por via oral em domicílio.

A maioria das mulheres grávidas com uma infecção renal são internadas e tratadas com antibióticos e fluidos intravenosos.

 

Infecções recorrentes

 

Se continuar a desenvolver infecções urinárias frequentemente, pode ser necessário efetuar uma investigação mais detalhada. Isso é especialmente verdadeiro se houver uma chance de você ter uma anormalidade nos rins, ureter, bexiga ou uretra, ou se você tiver risco de ter uma pedra nos rins.

Os testes para estas condições podem incluir exames de imagens como um ultra-som ou cistoscopia.

 

Como fazer a Prevenção de infecções urinárias recorrentes?

As mulheres com infecções recorrentes do trato urinário podem ser aconselhadas a tomar medidas para prevenir infecções da bexiga, incluindo uma ou mais das seguintes:

Produtos à base Cranberry

web-cranberriesUntitled-3

Tomar suco de cranberry, comprimidos de cranberry, pode ser uma forma de ajudar a prevenir infecções freqüentes da bexiga.

No entanto, os estudos mostrando que cranberry reduz o risco de infecções recorrentes da bexiga não são tão convincentes.

 

Beber mais líquido e urinar após a relação sexual

Embora os estudos não provaram que beber mais líquidos ou urinar logo após a relação sexual pode prevenir a infecção, alguns especialistas na área recomendam essas medidas, uma vez que não são prejudiciais. Beber mais líquido pode ajudar a eliminar as bactérias que entram na bexiga.

web-agua

 

Mulheres pós-menopausa

As mulheres pós-menopáusicas que desenvolvem infecções recorrentes da bexiga podem se beneficiar com o uso de estrogênio vaginal. Estrogênio vaginal está disponível em um anel flexível que é usado na vagina por três meses (Estring), um pequeno comprimido (Vagifem), ou um creme (Premarin ou Estrace).

 

Antibióticos

web-antibioticos

Um tratamento antibiótico preventivo pode ser recomendado se você desenvolver repetidamente infecções da bexiga e não tiver respondido a outras medidas preventivas.

Os antibióticos são altamente eficazes na prevenção de infecções recorrentes da bexiga, mas podem causar efeitos colaterais e promover o crescimento de bactérias resistentes.

Portanto, os antibióticos para a prevenção de infecções do trato urinário só devem ser considerados depois de tentar as abordagens preventivas acima. Os antibióticos preventivos podem ser tomados de várias maneiras diferentes:

  • Antibióticos contínuos – Pode tomar uma dose baixa de um antibiótico uma vez por dia ou três vezes por semana durante vários meses a vários anos.

 

  • Antibióticos após a relação sexual – Nas mulheres que desenvolvem infecções do trato urinário após o sexo, tomar um único antibiótico de dose baixa após a relação sexual pode ajudar a prevenir infecções da bexiga. Isso geralmente resulta em menos uso de antibióticos do que antibióticos contínuos.

 

  • Auto-tratamento – Um plano para iniciar antibióticos no primeiro sinal de uma infecção da bexiga pode ser recomendado em algumas situações. Antes de iniciar este regime, é importante que você tenha tido testes (culturas de urina) para confirmar que seus sintomas são causados por uma infecção da bexiga. Algumas pessoas têm sintomas de uma infecção da bexiga, mas na verdade não têm uma infecção.

 

Onde obter mais informações?

Seu médico é a melhor fonte de informações para perguntas e preocupações relacionadas ao seu problema médico.

#Publicado em março de 2016

Sobre Dr. Rafael Otsuzi

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s